quinta-feira, 8 de setembro de 2005

Sobre a criatividade em nós. Indispensável ler já!


Para criarmos, temos de nos conceder o direito de errarmos, de não sermos sempre brilhantes, de aceitarmos que o que fazemos pode não ser sempre a melhor coisa do mundo. Mas que somos capazes de nos responsabilizarmos por isso.
E precisamos de acreditar que temos em nós a capacidade de fazermos, todos os dias, ou só às vezes, a melhor coisa do mundo.
Para se conseguir isto, primeiro temos de
despedir o polícia em nós. Não é preciso ser ao pontapé; pode ser com gentileza e até agradecendo-lhe a boa vontade. Mas é preciso explicar-lhe que já não precisamos mais dele, que agora NÓS asseguramos a responsabilidade por nós próprios e por aquilo que fazemos. Isso não exclui uma revisão do que se fez. Mas é depois. Primeiro, é preciso confiar no criador em nós.

Merece a pena ler todo este texto da minha última professora de escrita criativa: Risoleta Pinto Pedro.
Indispensável!
Clique já aqui!

3 comentários:

Maria Afonso Sancho disse...

PLEASE, DO NOT POST SPAM HERE, I WILL REMOVE ALL MESSAGES !!!
SO, DON'T LOOSE YOUR TIME

Arnaldo disse...

Ola trinca-espinhas;-))...Já errei muitas vezes, e dou te toda a razao aprendemos mais depresa com os nossos erros...Goastava de saber se tu saberias me dizer o k os astros dizem de mim?.Kero te dizer k a tua pagina cada vez esta mais interessante...parabens
fika em Paz,Felicidade,e muito Amor..

responde se for possivel...

Anónimo disse...

Caro Arnaldo!
Chamar-me trinca espinhas pegando na minha expressão, uma vez tem graça.
Mais, já não.
Tenho um consultório em Lisboa. Perto do Marquês de Pombal.
Preciso do dia, hora e local do seu nascimento.