quinta-feira, 13 de outubro de 2005

Emoções são proibidas!


Estou a ver uma novela na tv. Há pouco numa cena, em que as emoções (a nossa melhor ligação a nós mesmos) eram mais intensas, só se ouvia falar em calmantes e copos de água com açúcar. Todos os outros personagens se mostravam muito aliviados depois de terem posto a senhora a dormir sob o efeito do montes de medicamentos.
O copo de água com açúcar é muito bom para solucionar problemas emocionais ligados ao síndrome de abstinência do açúcar. Ou hipoglicémia. Que dá problemas graves e desagradáveis.
Na melhor das hipóteses a personagem estava era a precisar de, mantendo-se lúcida, digerir o choque da desagradável surpresa. Chorar. Receber mimos e apoio. Fazer o luto dele. Sentir. Fluir com os altos e baixos da vida. Na eterna alternância do Yin e Yang. Ver morrer a ilusão-desilusão do passado. Fazer-se Fénix. E renascer das cinzas para a nova realidade do Presente.
Mas o péssimo exemplo dado na novela só sugeriu o escapismo através das drogas. Que não passam a fazer bem só por serem legais.

2 comentários:

Adryka disse...

Maria Afonso Sancho, querida amiga este post, foi colocado pela Adryka e não pela minha querida amiga Elise, eu sou um escorpião com ascendente em peixes.Adoro o meu amigo, acho que tenho a parte boa do escorpião "a força e o caracter" e a parte boa dos peixes "não odeio" choro as minhas máguas.
Um beijinhos amiga
Isto é a resposta ao teu comentário no meu blog, já agora tenho a dizer-te que adoro o teu, vou cá passar sempre conserteza e vou linkar-te.

silvio disse...

vejam
http://guia-espiritual.blogspot.com
espiritualidade, esoterismo.

Quanto a essa questão das emoções em novela, etc.
também os desenhos para crianças tentam cortar emoções, quando algum boneco se abraça a outro ou diz obrigado amigo, etc..
o outro diz logo "eh, para com isso, já chega".